UMajuda
17 de Março de 2017.
Assembleia-geral
21 de Março de 2017.

Sarau de Março

A 25 de Março o antigo colégio da Companhia de Jesus recebe mais um sarau!

Desde 2012, o Colégio dos Jesuítas do Funchal é palco de uma dinamização cultural e científica da responsabilidade da Associação Académica, destinada tanto ao público residente, como aos nossos visitantes da nossa região. Uma das iniciativas criadas com o intuito de promover o emblemático edifício do Colégio dos Jesuítas foi um evento mensal de Fado de Coimbra.

No último sábado de cada mês, à excepção do Sarau de Natal, os Fatum – Grupo de Fados da AAUMa interpretam temas de Zeca Afonso, de Edmundo Bettencourt, de Manuel Alegre, de Luís Goes e de muitos outros artistas que, em muito, contribuíram para imortalizar o Fado de Coimbra.

O espectáculo, com entrada livre, além de dar a conhecer as valências do Colégio dos Jesuítas enquanto edifício histórico e de mostrar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido permite, desde 2013, a angariação de fundos para os projectos de apoio aos estudantes da UMa, nomeadamente a Bolsa de Alimentação e a Bolsa Escolar.

A edição de Março do Sarau de Fados será no dia 25 de Março, às 21:00. A entrada é gratuita e será feita pela Rua dos Ferreiros.

Sobre a Herança Madeirense

A Herança Madeirense congrega a oferta cultural e turística, promovida pela Associação Académica da Universidade da Madeira, que, entre outras actividades, dinamiza o Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira e o centro histórico da cidade. Desde de Março de 2017, o Mosteiro de Santa Clara passou a integrar e a enriquecer a nossa oferta. Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Associação Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.