Digitaliza-te na link experience
12 de Maio de 2017.
E o que aconteceu eu Portugal?
16 de Maio de 2017.

Escolas de economia portuguesas

Três universidades portuguesas foram eleitas pelo Financial Times como pertencentes ao leque das 100 melhores do mundo. O ranking analisa as instituições não só através da informação das escolas, mas também da perspetiva dos alunos.

O jornal britânico “Financial Times” divulgou, esta segunda-feira, o ranking das melhores escolas de economia do mundo. No top 50 estão duas universidades portuguesas: a Católica Lisbon School of Business and Economics e a Nova School of Business and Economics.

No 43.º lugar surge a CLSBE, que integra este top pelo 11.º ano consecutivo e que é uma das 20 melhores da Europa. O diretor da Faculdade de Economia da Universidade Católica Portuguesa, Francisco Veloso, assegura, em comunicado, que este é “um motivo de grande orgulho”, que reflete a “forte aposta na internacionalização”.

No ranking a Nova School of Business and Economics (NSBE) encerra a tabela das 50 melhores escolas de economia mundiais. E, no top 100, destaque ainda para a Porto Business School, que surge na 69.ª posição.

No topo da classificação, surge em 1.º lugar a espanhola IESE Business School, à qual se segue a suíça IMD (International Institute for Management Development). A fechar o pódio a norte-americana Harvard Business School.

Este ranking, elaborado pelo jornal Financial Times, analisa as instituições de ensino a partir de informação recolhida junto de alunos e direções das escolas. Os alunos pontuam os programas de formação de executivos em determinados aspetos e as escolas informam sobre o crescimento, parcerias, estudantes internacionais, o total de mulheres inscritas nas formações, entre outros critérios.

Notícia do Canal Superior de 15/05/2017.