Boas Práticas: entrega de prémios
3 de Dezembro de 2017.
Um mês, Um tema: Natal
8 de Dezembro de 2017.

Herança Madeirense: vencedora!

Perante 50 candidaturas, que mobilizam cerca de 5.000 voluntários em causas diversas e impactando mais de 886 mil beneficiários, a Herança Madeirense, o programa cultural e turístico da Académica da Madeira sagrou-se vencedor!

O voluntariado constitui o conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção ao serviço dos indivíduos, das famílias e da comunidade, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar da população.

A génese desta prática pressupõe que actuar com as pessoas é estabelecer uma relação de reciprocidade de dar e receber que exige direitos mas que impõe deveres. Partindo deste pressuposto e tendo sido já distinguido com o Prémio Boas Práticas do Associativismo Jovem pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude, a Académica da Madeira (AM) apresentou o programa Herança Madeirense à avaliação de um painel de jurados da 2.ª Edição do Prémio Voluntariado Universitário (PVU), do Santander Universidades, constituído por entidades de mérito reconhecido nas áreas da Juventude, do Voluntariado e do Ensino Superior.

Avaliados pelos critérios de relevância e pertinência do projecto, coerência do plano de trabalho, alcance da intervenção, plano de monitorização e avaliação, originalidade e inovação e envolvimento da comunidade, a Académica da Madeira e o seu programa Herança Madeirense integrou os 10 finalistas, num total de 50 candidaturas que mobilizam cerca de 5.000 voluntários em causas diversas e impactando mais de 886 mil beneficiários, juntamente com os projectos SPOT AHEAD Bairros, da Nova SBE, U.DREAM | Capacitação de voluntários, pela Universidade do Porto, Consultoria Solidária, da FEP Junior Consulting da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, Escola Inclusiva, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, Happy Wish, da Universidade da Beira Interior, Mais Ativo Mais Vividos Intergeracional, da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, MOVE Açores, da Católica Lisbon School of Business & Economic, Plantar o Futuro, da Universidade de Aveiro e Integra-te, da Universidade de Évora.

Dos 10 finalistas seleccionados, a Académica da Madeira foi a única estrutura associativa seleccionada pelo júri, sendo os restantes 9 finalistas projectos promovidos por Instituições de Ensino Superior.

Criado em 2012, a Herança Madeirense foi distinguida, em Setembro de 2017, pelo Instituto Português do Desporto e Juventude com o prémio de Boas Práticas do Associativismo. Somam-se, para o programa da Académica da Madeira, três Certificados de Excelência do Trip Advisor, o maior portal de viagens do mundo.

O anúncio dos vencedores teve lugar na sede do Santander Totta, em Lisboa, no dia 5 de Dezembro, no mesmo dia em que a Académica recebeu oficialmente o Prémio Boas Práticas do Associativismo Jovem, no Porto.

Sobre a Herança Madeirense

A Herança Madeirense congrega a oferta cultural e turística, promovida pela Académica da Madeira, materializa-se através da dinamização de vários monumentos e atracções do Funchal onde são promovidos um conjunto amplo de serviços com destaque para as visitas educativas gratuitas que são proporcionadas aos estabelecimentos de ensino de toda a região. Além disso, a Herança Madeirense oferece, gratuitamente, saraus de música, exposições, visitas culturais temáticas, áudio guias, circuitos autónomos de História e outras iniciativas.

O Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira, o Mosteiro de Santa Clara, o centro histórico da cidade e, desde Novembro de 2017, a Quinta Vigia são os monumentos e as atracções que estão integradas no nosso programa.

Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Associação Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.

Vencedor, em 2017, de dois prémios nacionais, o Prémio de Boas Práticas do Associativismo Jovem, atribuído pelo Instituto Português da Juventude e Desporto, e o Prémio de Voluntariado Universitário, promovido pelo Santander Totta, a Herança Madeirense segue apostando na capacitação dos seus colaboradores e na excelência dos seus serviços.