1 de Agosto de 2017.

Google viola privacidade novamente

Em alguns casos, o email do cliente é suficiente para as marcas associarem compras feitas em loja com a visualização de publicidade online, mas a falta de transparência do processo levantou preocupações de privacidade. A empresa Google é novamente acusada de violar a privacidade de milhares dos utilizadores do seu motor de busca. Desta vez, o problema é a nova ferramenta de publicidade que associa as compras feitas em lojas, com cartão, ao historial de Internet das pessoas. A denúncia foi feita pelo Electronic Privacy Information Centre, um centro de investigação que se debruça sobre questões de privacidade e conhecido pela sigla EPIC. A ferramenta problemática, que está a funcionar nos Estados Unidos, em fase experimental, desde Maio, foi criada […]
18 de Julho de 2017.

Google apoia trabalhos académicos

Empresa financiou 329 estudos na longo da última década. Muitos são favoráveis ao Google em temas como privacidade, publicidade e segurança de dados. O Google investe milhões todos os anos no financiamento de estudos académicos nos Estados Unidos e na Europa, mas agora é acusado de utilizá-los para influenciar a opinião pública e política a seu favor. Desde 2005 que o Google financiou 329 estudos em inglês – na área de políticas públicas como a privacidade, direitos de autor, segurança de dados e a monetização de publicidade online – que abordam mudanças nas leis extremamente prejudiciais à empresa. Mais de metade dos trabalhos (54%) receberam financiamento directo da empresa. A informação foi revelada esta terça-feira no Google Transparecy Project, um projecto da […]
23 de Junho de 2017.

Gmail com publicidade

Anúncios serão mostrados com base noutra informação recolhida pelo Google. O Gmail vai deixar de analisar o conteúdo dos emails dos utilizadores para mostrar publicidade direccionada. Actualmente, o Gmail usa as mensagens trocadas entre utilizadores como um factor para seleccionar os anúncios: por exemplo, mostrando anúncios de aluguer de carros numa determinada cidade quando um email menciona uma viagem para esse destino. É um sistema que tem gerado ocasionais controvérsias e queixas ao longo dos anos. Porém, a empresa decidiu agora que os anúncios passarão a ser mostrados consoante as preferências dos utilizadores (que podem optar por não ter publicidade direccionada) e consoante a informação que já é obtida nos outros serviços, como são o motor de busca e o […]