26 de Outubro de 2017.

Um mês, Um tema

NOVEMBRO – HOTEL BELMOND REID’S – INSCRIÇÕES ENCERRADAS 11 de Novembro – 11:00 A Associação Académica da Universidade da Madeira promove uma série de visitas guiadas por espaços de interesse cultural na cidade do Funchal. Para este ciclo de visitas temáticas foi estabelecido o dia de sábado para possibilitar a participação de mais interessados. ‘Um mês um tema’ pretende levar os interessados a vários pontos culturais da nossa cidade cumprindo o objectivo de divulgar o património, de difundir a cultura e de valorizar a história. A Associação Académica acredita que não devem ser apenas os nossos visitantes a beneficiar desse tipo de actividades culturais que são, habitualmente, apenas associadas às visitas educativas ou turísticas. Para que o nosso património possa ser […]
14 de Junho de 2017.

Um Mês, Um Tema de Junho

A Associação Académica da UMa organiza uma visita-palestra à Capela da Encarnação, geralmente encerrada, orientada por Cristina Trindade, no dia 24 de Junho, sábado, às 11:00. Nossa Senhora da Encarnação foi um dos mosteiros femininos da Madeira, pertencentes à Ordem de Santa Clara. A capela é do século XVI e o mosteiro que a ela se juntou foi criado na sequência da Aclamação de D. João VI como Rei de Portugal, por um cónego da Sé. Em 1651, foi reconhecido pelo Papa Inocêncio X, mas só em 1659, a Encarnação passa a seguir regras franciscanas, sob a tutela da Diocese. Tal como em Santa Clara, estas madres seguiam a regra de Isabel de França, que mitigava o voto de pobreza. […]
31 de Março de 2017.

Um Mês, Um Tema: arte tumular

 O próximo Um Mês, Um Tema leva-o numa viagem à história e à cultura através da arte tumular em São Martinho, numa vista guiada por Emanuel Gaspar a 22 de Abril, pelas 11:00. As sepulturas nos templos religiosos marcaram o comportamento cultural do Homem ocidental durante muitos séculos. Esta prática, contudo, foi proibida obrigando ao surgimento de espaços próprios fora do centro das cidades. A problemática que envolveu a criação desses locais, substituindo as necrópoles que existiam no interior, nos adros e nas zonas circundantes de alguns templos, já era discutida na Europa durante o séc. XVI. Conforme o investigador Fernando Catroga observou, somente com a Revolução Francesa, os países ditos católicos instituem o enterramento em necrópoles em espaços próprios […]