Sarau Erasmus
10 de Março de 2017.
UMajuda
17 de Março de 2017.

Exposição: História do Funchal

5 séculos de História à espera da sua visita.

O Funchal conta com mais de 500 anos como cidade, tendo sido a primeira a ser instituída pela Coroa portuguesa nos vastos domínios dos Descobrimentos. A sua instituição atendia ao desenvolvimento operado com a florescente cultura açucareira, ao grande número de estrangeiros aí residentes e tinha, ainda, em vista reorganizar o vasto território descoberto pelos portugueses, até aí da responsabilidade da Ordem de Cristo.

Com várias colónias de alemães, de flamengos e de italianos, o Funchal tornara-se um centro cosmopolita, bem como local de passagem quase obrigatório para as armadas que demandavam o Atlântico Sul e que aí se reabasteciam. De certa forma, tornara-se um centro internacional de negócios e, dadas as especificidades da cultura açucareira, uma primeira experiência do capitalismo internacional da Época Moderna. Num curto prazo de tempo, a Madeira, através do porto do Funchal, transforma-se na porta cosmopolita e internacional da Europa para o Novo Mundo.

De segunda-feira a sexta-feira, entre as 10:00 e as 18:00, e sábado, entre as 10:00 e as 13:00, na Sala dos Arcos, no Colégio dos Jesuítas do Funchal, celebramos a História do Funchal apresentando breves traços da construção de uma cidade, sendo a entrada gratuita para todos os visitantes.

Sobre a Herança Madeirense

A Herança Madeirense congrega a oferta cultural e turística, promovida pela Associação Académica da Universidade da Madeira, que, entre outras actividades, dinamiza o Colégio dos Jesuítas do Funchal, a Igreja de S. João Evangelista, os Paços do Concelho do Funchal, a Assembleia Legislativa da Madeira e o centro histórico da cidade. A partir de Março de 2017 o antigo Mosteiro de Santa Clara passa a integrar e a enriquecer a nossa oferta. Através dos circuitos culturais e históricos os nossos colaboradores ajudam o visitante a conhecer o rico património material e imaterial da nossa região, permitindo que o visitante explore como esses monumentos, e os seus ocupantes, ajudaram a moldar a nossa sociedade. A Associação Académica angaria os seus próprios fundos e depende do apoio dos seus visitantes, doadores, mecenas e voluntários. Através dos proveitos das visitas conseguimos financiar vários programas de apoio social cujos beneficiários são os estudantes da Universidade da Madeira.