Google viola privacidade novamente
1 de Agosto de 2017.

O Airbnb dos clássicos

A DriveShare de carros permite escolher o vintage de sonho de um lote de 135. Por enquanto, só está disponível nos Estados Unidos.

Para um verdadeiro apaixonado por automóveis, conduzir um carro clássico pode ser a melhor sensação do mundo. Porém, nem todas as pessoas têm acesso a um Chevrolet Corvette de 1964 ou a um DeLorean – o carro popularizado pelo filme Regresso ao Futuro, que serviu como máquina do tempo. Mas, e se existisse uma plataforma que lhe permitisse conduzir o clássico dos seus sonhos?

Lançada pela Hagerty, uma companhia de seguros norte-americana, a DriveShare é a nova plataforma – e, até ao momento, a única no mercado – que lhe permite alugar o carro vintage dos seus sonhos. “[A] DriveShare dá às pessoas uma forma fácil de ficarem atrás do volante de carros que sempre quiseram conduzir”, afirma em comunicado o director da seguradora, McKeel Hagerty.

Em 2014, surgiu em Massachusetts, nos Estados Unidos, a Classics&Exotics, uma plataforma de aluguer de carros que “rapidamente se tornou na Airbnb de carros vintage e exóticos”. Três anos depois, a Hagerty adquiriu essa plataforma, dando-lhe uma nova imagem e um nove nome, criando a DriveShare.

À semelhança de outras plataformas de aluguer – como a Getaround ou a Turo (nos Estados Unidos) e a CarAmigo em Portugal e noutros países da Europa – na DriveShare tanto é possível registar o seu veículo, para que este seja alugado, ou requisitar um dos veículos disponíveis.

“Criei esta empresa [a Classics&Exotics] para que as pessoas pudessem ter experiências maravilhosas com veículos e para que os seus donos pudessem fazer algum dinheiro para cobrir os custos de manutenção”, explica Peter Zawadzki, fundador da Classics&Exotics e actual director da DriveShare. De acordo com Zawadzki, a missão assumida em 2014 pela Classics&Exotics estendeu-se à DriveShare.

Para McKeel Hagerty, o objectivo da DriveShare é “criar uma plataforma comum que una os entusiastas [por clássicos] e os seus donos”, de forma a alargar a comunidade dos amantes de quatro rodas.

“A tendência que temos visto é que as pessoas que alugam os nossos carros acabam por se tornar donas de carros clássicos”, prossegue Peter Zawadzki.

A plataforma possibilita o aluguer de 135 clássicos, segundo o site The Verge. Um Pontiac Chieftain de 1957 (a 466 euros por um dia), um Ford Model A de 1931 (a 166 euros por dia), um Chevrolet Camaro de 1969 (também por 466 euros) e o intemporal 911, um Porsche Carrera de 1987 (por 278 euros), são alguns dos automóveis disponíveis na plataforma.

Porém, existe quem queira preservar ao máximo o seu clássico, disponibilizando-o apenas para sessões fotográficas ou para produções cinematográficas – como é o caso da Citroen H Van, uma carrinha de venda de cominda de 1975, disponível por 559 euros.

De forma a facilitar a procura pelo carro de sonho para conduzir pelas praias da Califórnia ou pelas ruas de Nova Iorque, a DriveShare permite escolher o automóvel por marca, modelo ou pelo tipo de caixa de velocidades (se automática ou manual).

Por enquanto, a plataforma divulgada esta semana, que pretende “partilhar a paixão” por estes veículos só está disponível para os fãs de clássicos nos Estados Unidos.

Notícia do Público de 24/08/2017.