Não vires a cara!
1 de Janeiro de 2018.
Tourism (seen as a tourist)
2 de Janeiro de 2018.

Silesia attractive for foreigners

Através do projecto Silesia attractive for youngsters, 2 jovens portugueses irão desfrutar de uma oportunidade única! De que estás à espera?

RESUMO DO PROJECTO

Este projecto foi criado com o objectivo de melhorar a qualidade de serviços providenciados aos visitantes estrangeiros da região da Silesia, através de monitorização a vários serviços como monumentos, locais de lazer e recreação, restauração, atracções culturais e serviços de transporte público, cujos resultados serão agregados para a preparação de um relatório que será posteriormente enviado às instituções regionais e aos media. Serão também desenvolvidas outras actividades, como a implementação de website de apoio aos visitantes da região, com sugestões e conselhos, bem como actividades e eventos direccionados para os jovens da Silesia.

O projecto terá a duração de 12 meses (de 13 de Março de 2018 a 12 de Março de 2019) e irá acolher 8 participantes provenientes de Portugal, Espanha, Geórgia e Turquia. Os participantes selecionados terão a oportunidade de conhecer um país diferente, interagir com pessoas de várias culturas e nacionalidades e, sobretudo, usufruir de uma experiência profissional e pessoal que será muito útil no futuro, bem como enriquecer o seu conhecimento sobre a União Europeia e os valores europeus.

ACTIVIDADES A DESENVOLVER PELOS VOLUNTÁRIOS

Este projecto pretende criar impacto na comunidade da Silesia derivado da colaboração dos voluntários, que irão conhecer e monitorizar o funcionamento de vários serviços providenciados aos visitantes estrangeiros da Silesia, com o objectivo de produzir um relatório que será enviado às autoridades regionais e aos media locais.

Terão também a oportunidade de desenvolver outras tarefas, dentro das actividades realizadas pela organização de acolhimento, como:

-> Colaborar na actualização de um blog sobre o Serviço Voluntário Europeu;

-> Colaborar na implementação de eventos, reuniões e outras tarefas em cooperação com os parceiros regionais da organização de acolhimento;

-> Cooperar com os media locais contribuindo para a implementação de um portal online sobre Katowice através da captura de fotos ou escrevendo artigos;

-> Investigar sobre boas práticas implementadas noutros países em relação à cooperação entre os cidadãos e o governo local;

-> Promover o conceito e a importância do voluntariado, bem como o programa Erasmus+, junto da comunidade local;

-> Colaborar na organização de eventos e iniciativas organizadas por várias instituições e NGOs locais;

-> Preparar workshops linguísticos para os residentes de Katowice;

-> Colaborar nas tarefas de rotina diária (tarefas de escritório, preparação de documentação, etc..) da organização de acolhimento.

ALOJAMENTO, ALIMENTAÇÃO E TRANSPORTE

Os voluntários seleccionados para participar neste projecto ficarão alojados em apartamentos, que serão partilhados por 2 pessoas do mesmo género, sendo que cada participante ficará num quarto privado. O apartamento terá cozinha e casa de banho, e estará equipado com os utensílios necessários.

Para a alimentação, os voluntários receberão uma verba mensal a rondar os 420 Zloty (moeda polaca), e receberão também uma quantia adicional, denominada pocket-money, para os seus gastos pessoais, de cerca de 360 Zloty.

Em relação ao transporte: os participantes terão direito a um passe mensal para utilização da rede de transportes públicos.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Informação geral sobre a região da Silésia e sobre a cidade de Katowice;

Site oficial da organização de acolhimento: Bona Fides

Informação completa sobre o projecto: Silesia attractive for foreigners

CANDIDATURA

Para te candidatares a esta excelente oportunidade deverás enviar o teu CV e o formulário de candidatura (em Inglês) para evs@aauma.pt até 19 de Janeiro de 2018.

Sobre o programa Erasmus+

O Erasmus+ é um programa da Comissão Europeia que abraça os campos da educação, da formação, da juventude e do desporto durante o quadro europeu 2014-2020. Uma das grandes vertentes dessa acção é a cooperação nas suas áreas de actuação, contribuindo para uma Europa plural e rica.

Entre os vários objectivos do programa, constituem as prioridades: os objectivos presentes na Estratégia Europa 2020, incluindo o grande objectivo em matéria de educação; os objectivos do Quadro Estratégico para a cooperação europeia no domínio da educação e da formação 2020 (EF 2020), incluindo os correspondentes critérios de referência; o desenvolvimento sustentável de Países Parceiros no domínio do ensino superior; os objectivos gerais do “Quadro renovado da cooperação europeia no sector da juventude” (2010-2018); o objectivo de desenvolvimento da dimensão europeia no desporto, em particular no desporto de base, em consonância com o plano de trabalho da UE para o desporto; a promoção dos valores europeus, nos termos do artigo 2.º do Tratado da União Europeia.

Para que esses objectivos possam ser alcançados, o Erasmus + materializa-se em várias políticas de acção. A acção 1 (KA1), diz respeito a mobilidade de indivíduos, a acção 2 (KA2) relaciona-se com a cooperação para a inovação e a troca de boas práticas e a acção 3 (KA3) refere-se ao apoio às políticas de reforma.

Sobre o Serviço Voluntário Europeu

Desde 1991 a Associação Académica tem desenvolvido uma ampla política de incentivo ao voluntariado. Em 2013, para ampliar a sua acção nesse campo, iniciámos a nossa acreditação enquanto entidade que recebe, envia e coordena projectos Erasmus +, no Serviço Voluntário Europeu, tendo recebido o primeiro voluntário, no âmbito de um projecto da KA1, em 2014. Temos desenvolvido um grande trabalho para que os jovens madeirenses possam participar em várias iniciativas na Europa, e temos proposto vários projectos para permitir que os jovens de vários países possam trabalhar nos projectos da Associação Académica da Universidade da Madeira, sempre considerando que o principal objectivo de voluntariado é beneficiar as comunidades e localidades onde desenvolverão as suas actividades, através do seu trabalho voluntário e sem qualquer remuneração financeira. Acreditamos que o Serviço Voluntário Europeu é uma ferramenta rica em vivências e experiências, onde todos os candidatos aprovados terão o privilégio de participar nesses projectos, podendo beneficiar as localidades e comunidades onde estão inseridos.

A Associação Académica da Universidade da Madeira tem recebido, desde 2013, vários voluntários que têm colaborado em diversas actividades e iniciativas. Além de poderem desfrutar de uma fantástica experiência que irá contribuir para o seu crescimento a nível pessoal e profissional, têm a oportunidade de interagir com os vários voluntários da Universidade da Madeira e contribuir, de forma única, para o desenvolvimento da comunidade em que estão inseridos.